sexta-feira, 29 de julho de 2016

Quanto você deveria ganhar de peso na gravidez?
DURANTE A GESTAÇÃO, O GANHO DE PESO É INEVITÁVEL


segunda-feira, 4 de julho de 2016

Desenvolvimento do bebê semana a semana



 


Semana 1 – Ocorre a ovulação, e o óvulo está à espera de ser fecundado.
Semana 2 – O corpo prepara-se para receber o ovo.
Semana 3 – Ocorre a fecundação, e o óvulo transforma-se em ovo. Inicia-se a grande viagem do futuro bebé.
Semana 4 – O ovo é agora um embrião, e os órgãos começam a formar-se.
Semana 5 – Os órgãos formam-se a grande velocidade.
Semana 6 – O coração do bebé bate agora com força.
Semana 7 – O bebé começa a conseguiu ouvir.
Semana 8 – Nesta altura o embrião mede 2 cm.
Semana 9 – Nesta altura da gravidez, o embrião movimenta-se livremente na bolsa de água, tendo o tamanho de uma azeitona.
Semana 10 – O embrião passa a ser um feto, e com os órgãos quase definidos, está na altura de crescer e amadurecer.
Semana 11 – Geralmente, nesta semana os enjoos começam a desaparecer.
Semana 12 – O feto já tem unhas.
Semana 13 – O feto está em crescimento acelerado.
Semana 14 – O bebé já tem paladar. Nesta semana aparece a linha na barriga da grávida.
Semana 15 – Nesta semana, os órgãos sexuais do bebé já estão definidos.
Semana 16 – Os órgãos estão completamente definidos.
Semana 17 – O bebé começa a ter tamanho suficiente para que a mãe o sinta a mexer.
Semana 18 – A partir de agora, é mais fácil visualizar o sexo do bebé.
Semana 19 – Nesta fase começa a surgir celulite na grávida. O bebé desenvolve a inteligência.
Semana 20 – O bebé tem agora 16 cm. Na grávida, pode aparecer o colostro nos mamilos. Semana 21 – O bebé começa a ganhar impressões digitais.
Semana 22 – O rosto do bebé é agora mais definido.
Semana 23 – O bebé começa a conseguir mover os olhos, começando a treinar a visão.
Semana 24 – O bebé tem agora meio quilo, e começa agora a ganhar peso de forma mais rápida.
Semana 25 – Crescimento dos cabelos.
Semana 26 – Os pulmões estão em pleno funcionamento.
Semana 27 – O bebé já abre e fecha os olhos. Surgem com maior frequência os desejos na grávida.
Semana 28 – O bebé mexe-se muito e começa a ficar rechonchudo.
Semana 29 – O bebé posiciona-se com a cabeça junto ao útero.
Semana 30 – O bebé já percebe a diferença de luz.
Semana 31 – Ganho de peso a grande velocidade.
Semana 32 – A grávida sente o bebé a mexer-se com grande intensidade.
Semana 33 – O bebé tem agora 2 quilos.
Semana 34 – Os órgão estão prontos.
Semana 35 – O bebé já sabe mamar.
Semana 36 – O desenvolvimento consiste agora nos últimos aperfeiçoamentos.
Semana 37 – O bebé já pode nascer.
Semana 38 – O mecónio já está formado.
Semana 39 – As contrações podem começar a intensificar.
Semana 40 – As contrações são agora muito intensas, levando ao parto. Nascimento do bebé.

Mãe também precisa de atenção.




Remédio caseiro para azia na gravidez

A gravidez é um período lindo na vida de uma mulher. Contudo, tem também os seus inconvenientes. A azia é um desses pequenos problemas que aparecem durante a gravidez.
Durante a gravidez, devido ao facto do sangue ficar com níveis mais altos de progesterona, a digestão torna-se mais lenta, o que associado ao aumento de gases no estômago, provoca o refluxo do bolo alimentar.
Esse bolo alimentar, embebido com o ácido gástrico do estômago, volta a subir, provocando irritação e ardor no esófago e na garganta.

Como prevenir a azia na gravidez

Apesar de a grávida não poder controlar os seus níveis hormonais, pode no entanto ter alguns cuidados alimentares, evitando todos os alimentos que facilitam o aparecimento de azia. De seguida enumeramos alguns cuidados que a ajudarão a evitar o desconforto da azia na gravidez.

– comer pequenas quantidades de cada vez, mastigando tudo muito bem;
– evitar beber líquidos durante a refeição;
– evitar alimentos ácidos ou muito gordurosos;
– não usar roupas muito apertadas na zona do estômago;
– aumentar a ingestão de frutas pouco ácidas;
– não se deitar logo após as refeições;
– não fumar.

Remédio caseiro para azia

Existem diversos alimentos que têm propriedades que ajudam a combater ou a prevenir a azia. Quando a grávida tem um episódio de azia, a maçã sem casca é uma ótima forma de combater o desconforto, diminuindo a irritação e o ardor.
Quando estiver a sentir os sintomas da azia, coma uma maçã sem casca, que irá ajudar a empurrar o bolo alimentar embebido com o ácido gástrico de volta para o estômago.
Para prevenir o aparecimento da azia, pode optar por tomar o seguinte remédio caseiro, que também substituirá o pequeno-almoço.
Ingredientes:
– meio mamão;
– iogurte natural.
Como fazer
Corte o mamão em pedaços, e bata muito bem no liquidificador com o iogurte. Beba ao pequeno-almoço, acompanhado de uma torrada. Além de ser um remédio para a azia, é também um pequeno-almoço saudável

segunda-feira, 9 de maio de 2016

BANHO DOS BEBÊS NO INVERNO PEDE MAIS ATENÇÃO DAS MÃES.
Quando o inverno chega, a hora do banho é prorrogada até o último minuto. Sentimos frio só de pensar em se despir. E depois, com o banho terminado, não temos vontade de deixar o chuveiro por nada. O frio demanda uma preparação maior para o banho mesmo. Mas, se para os adultos é assim, imagine para os bebês. 
"O banho do bebê precisa ser um momento de segurança e prazer tanto para a criança como para a mãe. No frio, as mães precisam prestar mais atenção com relação a preparação do ambiente para não haver desconforto. Para evitar que a hora do banho seja um facilitador para que seu bebê tenha problemas típicos do inverno, como gripes e resfriados, preste atenção nas dicas a seguir: 
A hora do banho é a mãe que define de acordo com sua disponibilidade de horário. No entanto, alguns pontos precisam ser considerados. É importante que a criança não seja banhada depois de ter sido alimentada para evitar que ela fique enjoada ou com mal-estar. "Após a amamentação, a mãe deve esperar no mínimo duas horas para dar banho no bebê". Em dias de inverno, evite banhar a criança nos períodos da manhã e da noite, pois são os momentos de temperatura mais baixa e, portanto, o impacto da baixa temperatura no corpo da criança será maior. "O ideal é que o banho seja realizado no começo ou no meio da tarde".
Uma vez escolhida a hora do banho, a temperatura da água precisa ser muito bem ajustada. "Com o frio do inverno, as mães têm tendência de preparar a banheira com água superaquecida, porém, isso pode ressacar a pele do bebê. O ideal é manter a água morninha, levemente quente. Para saber se a água está morna, mergulhe na água a parte de dentro do antebraço. Como nessa região do corpo, a pele é mais fininha, você vai sentir se a temperatura estiver boa. Se a temperatura da água estiver mais quente que o ideal, a pele do bebê te dará os sinais, ficando vermelha. 
Outro ponto, que pode parecer meio estranho por causa de nossa cultura, mas que é muito viável, é que, nos dias muito frios, os bebês não precisam tomar banho diariamente. "A mãe pode optar pela higienização das dobras, com um algodão, sabonete e água morna. Esta higienização deve ser feita por etapas, tirando uma peça de roupa de cada vez e vestindo logo em seguida a peça nova, para evitar que o bebê fique em contato com a friagem." 
Deixar o lugar bem aquecido é fundamental para evitar que a criança leve um choque de ar frio, após a saída do banho. A especialista do Hospital São Paulo atenta para a necessidade de a mãe aquecer o ambiente em que a criança será higienizada ou vestida. "Fechar todas as portas e janelas é fundamental. Se a mãe tiver um aquecedor de ambiente deve usá-lo para esquentar o quarto (ou o banheiro). Deixá-lo dez minutos ligado antes do banho, já é suficiente para esquentar o ar".
Além disso, a mãe deve manter a roupa que a criança irá vestir por perto. "A roupinha não deve ficar no banheiro porque pode ficar úmida. Mas é bom que ela já esteja separada, para evitar que a criança não fique muito exposta. Quando o banho for finalizado, a mãe deve enrolar bem o bebê rapidamente na toalha (que deve ser macia) para colocar a roupinha."
_________________________________________________________________________

A Mega Loja do Bebê nossa loja virtual já enviou milhares  de kit berço e enxovais de bebê para todo Brasil. Procuramos proporcionar a nossos clientes segurança, tranquilidade e confiança nesse momento tão especial que é a escolha do enxoval do bebê. Nossa forma de trabalho é diferenciada, fazemos o máximo possível para que a sua experiência de compra em nossa loja virtual seja mais parecida como comprar em uma loja física.